Coordenadas dos cantos do mapa em QGIS

Coordenadas dos cantos do mapa em QGIS

EN | PT

O desafio

Em tempos na lista de discussão do qgis-pt alguém perguntou como dispor as coordenadas dos cantos do mapa no QGIS. Não estando (ainda) disponível tal funcionalidade, tentei chegar sem sucesso a uma solução que fosse de certa forma automática. Depois de remoer a ideia, e de ler um artigo do Nathan Woodrow, achei que a solução poderia passar por criar uma função para o construtor de expressões que pudesse ser usada em etiquetas no mapa.

 A solução

Seguindo as indicações do referido artigo, comecei por criar um ficheiro userfunctions.py, que gravei na pasta .qgis2/python e, com uma ajuda do Nyall Dawson, escrevi o seguinte código.

from qgis.utils import qgsfunction, iface
from qgis.core import QGis

@qgsfunction(2,"python")
def map_x_min(values, feature, parent):
 """
 Returns the minimum x coordinate of a map from
 a specific composer.
 """
 composer_title = values[0]
 map_id = values[1]
 composers = iface.activeComposers()
 for composer_view in composers():
  composer_window = composer_view.composerWindow()
  window_title = composer_window.windowTitle()
  if window_title == composer_title:
   composition = composer_view.composition()
   map = composition.getComposerMapById(map_id)
   if map:
    extent = map.currentMapExtent()
    break
 result = extent.xMinimum()
 return result

Depois de correr o comando import userfunctions na consola python (Módulos > Consola python), já conseguia usar a função map_x_min() (disponível na categoria python) numa expressão para obter o valor mínimo em X.

Screenshot from 2014-09-09 16^%29^%29
Bastava então criar as restantes funções map_x_max(), map_y_min() e map_y_max(). Como parte do código seria repetida, decidi encapsulá-lo na função map_bound() que recebesse como argumentos o título do compositor de impressão e o id do mapa e me devolvesse a extensão do mesmo (sob a forma de um QgsRectangle).

from qgis.utils import qgsfunction, iface
from qgis.core import QGis

def map_bounds(composer_title, map_id):
 """
 Returns a rectangle with the bounds of a map
 from a specific composer
 """
 composers = iface.activeComposers()
 for composer_view in composers:
  composer_window = composer_view.composerWindow()
  window_title = composer_window.windowTitle()
  if window_title == composer_title:
   composition = composer_view.composition()
   map = composition.getComposerMapById(map_id)
   if map:
    extent = map.currentMapExtent()
    break
 else:
  extent = None

 return extent

Com essa função disponível podia usá-la internamente nas funções para devolver cada um dos mínimos e máximos em X e Y, tornando o código mais compacto e fácil de manter. Adicionei ainda ao código original alguns mecanismos para evitar erros.

@qgsfunction(2,"python")
def map_x_min(values, feature, parent):
 """
 Returns the minimum x coordinate of a map from a specific composer.
 Calculations are in the Spatial Reference System of the project.
 
 <h2>Syntax</h2>
 
 map_x_min(composer_title, map_id)
 
 <h2>Arguments</h2>
 
 composer_title - is string. The title of the composer where the map is.
 map_id - integer. The id of the map.
 
 <h2>Example</h2>
 
 map_x_min('my pretty map', 0) -> -12345.679
 
 """
 composer_title = values[0]
 map_id = values[1]
 map_extent = map_bounds(composer_title, map_id)
 if map_extent:
  result = map_extent.xMinimum()
 else:
  result = None
 
 return result
 
@qgsfunction(2,"python")
def map_x_max(values, feature, parent):
 """
 Returns the maximum x coordinate of a map from a specific composer.
 Calculations are in the Spatial Reference System of the project.
 
 <h2>Syntax</h2>
 
 map_x_max(composer_title, map_id)
 
 <h2>Arguments</h2>
 
 composer_title - is string. The title of the composer where the map is.
 map_id - integer. The id of the map.
 
 <h2>Example</h2>
 
 map_x_max('my pretty map', 0) -> 12345.679
 
 """
 composer_title = values[0]
 map_id = values[1]
 map_extent = map_bounds(composer_title, map_id)
 if map_extent:
  result = map_extent.xMaximum()
 else:
  result = None
 
 return result
 
@qgsfunction(2,"python")
def map_y_min(values, feature, parent):
 """
 Returns the minimum y coordinate of a map from a specific composer.
 Calculations are in the Spatial Reference System of the project.
 
 <h2>Syntax</h2>
 
 map_y_min(composer_title, map_id)
 
 <h2>Arguments</h2>
 
 composer_title - is string. The title of the composer where the map is.
 map_id - integer. The id of the map.
 
 <h2>Example</h2>
 
 map_y_min('my pretty map', 0) -> -12345.679
 
 """
 composer_title = values[0]
 map_id = values[1]
 map_extent = map_bounds(composer_title, map_id)
 if map_extent:
  result = map_extent.yMinimum()
 else:
  result = None
 
 return result
 
@qgsfunction(2,"python")
def map_y_max(values, feature, parent):
 """
 Returns the maximum y coordinate of a map from a specific composer.
 Calculations are in the Spatial Reference System of the project.
 
 <h2>Syntax</h2>
 
 map_y_max(composer_title, map_id)
 
 <h2>Arguments</h2>
 
 composer_title - is string. The title of the composer where the map is.
 map_id - integer. The id of the map.
 
 <h2>Example</h2>
 
 map_y_max('my pretty map', 0) -> 12345.679
 
 """
 composer_title = values[0]
 map_id = values[1]
 map_extent = map_bounds(composer_title, map_id)
 if map_extent:
  result = map_extent.yMaximum()
 else:
  result = None
 
 return result

As funções ficaram disponíveis no construtor de expressões na categoria “Python” (podia ter-lhe dado outro nome qualquer) e as descrições das funções são transformadas em textos de ajuda para fornecer ao utilizador informação de como utilizar as funções.

Screenshot from 2014-09-09 15^%39^%19

Usando as funções recentemente criadas, foi fácil posicionar etiquetas  junto dos cantos do mapa com as coordenadas dos mesmos. Qualquer alteração à extensão do mapa, reflecte-se nas etiquetas, podendo por isso ser usadas convenientemente com a funcionalidade de atlas.

Screenshot from 2014-09-09 15^%40^%27

O resultado destas funções pode ser usado com outras. Na imagem seguinte apresenta-se uma expressão para apresentar as coordenadas de forma mais compacta.

Screenshot from 2014-09-09 15^%43^%55

Havia um senão… Para as funções ficarem disponíveis, seria necessário importá-las manualmente em cada utilização do QGIS. Algo que não era prático. Novamente com a ajuda do Nathan, fiquei a saber que podemos importar módulos Python no arranque do QGIS colocando na pasta .qgis2/python um ficheiro com o nome startup.py com os comandos de importação. Para o meu caso bastou o seguinte.

import userfunctions

Conclusões

Fiquei bastante satisfeito com o resultado. A possibilidade do utilizador criar as usas próprias funções para usar em expressões vem mais uma vez demonstrar como é fácil personalizar e criar as minhas próprias ferramentas para QGIS. Já estou a matutar em mais aplicações para estar fantástica funcionalidade.

UT 9 - Qta da Peninha - Vegetação potencial

Os ficheiros Python com as funções criadas podem ser descarregados AQUI. Basta descompactar os dois ficheiros para a pasta .qgis2/python e reiniciar o QGIS, e as funções devem ficar disponíveis.

Advertisements

3 thoughts on “Coordenadas dos cantos do mapa em QGIS

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s